Câmara aprova criação de serviço de coleta de entulho

30 Novembro 2017

Objetivo do projeto de autoria do Poder Executivo é impedir o acúmulo e o descarte irregular de resíduos em vias públicas

O plenário da Câmara Municipal de Barueri aprovou na sessão de terça-feira, 28, o projeto de lei de autoria do Poder Executivo que cria o Serviço de Coleta Residencial de Entulho e Resíduos. O texto prevê o empréstimo de sacos para coletas com capacidade de até 3 metros cúbicos e a posterior retirada do material a ser descartado.

De acordo com a nova norma, o serviço será regulamentado e realizado pela Secretaria de Serviços Municipais, que fará também o cadastramento dos interessados em utilizar o programa. O texto da nova lei, entretanto, ressalta que o descarte irregular de entulhos e resíduos continua constituindo infração administrativa passível de multa.

Ao discutir o projeto, os vereadores elogiaram a iniciativa da Prefeitura em regulamentar o serviço de coleta, e destacaram também que a população precisa fazer a sua parte.

“A gente vê muito entulho pela cidade. É uma demanda constante em nosso gabinete. E por mais que a gente consiga providenciar a retirada do material, no outro dia o local já está cheio de novo”, comentou Ornedo Neves (PSDB). “A Secretaria de Serviços Municipais tem feito a sua parte para manter Barueri limpa, mas é preciso que a população se conscientize e colabore”, disse.

Ornedo ressaltou ainda a importância da aprovação do projeto de lei para ajudar no controle e restrição do descarte irregular. “Com esse texto sendo aprovado, acredito que a coleta ficará mais organizada. Ele representa um grande esforço do poder público para manter a cidade limpa”, ressaltou.

Foto: Ivan Nunes/CMB