Câmara promoveu sessão solene em comemoração aos 69 anos de emancipação político-administrativa da cidade

O plenário da Câmara Municipal ficou lotado na manhã de segunda-feira, 26, para a realização da sessão solene de 69º aniversário de emancipação político-administrativa de Barueri. Autoridades dos Poderes Legislativo e Executivo prestigiaram o evento, além de líderes religiosos e representantes das forças de segurança e da sociedade civil.

O presidente da Câmara, vereador Carlinhos do Açougue (DEM), destacou o trabalho conjunto de todos os parlamentares da Casa, que têm dedicado seus mandatos para melhorar a condição de vida da população de Barueri.

“Todos fazem um trabalho incansável na luta por uma cidade mais justa e que ofereça um serviço de qualidade aos baruerienses. Vejo os vereadores percorrendo todos os bairros do município e fico muito contente, porque é assim que honramos a confiança que a população depositou em nós”, comentou.

Representando a Assembleia Legislativa de São Paulo, O deputado estadual Marco Vinholi (PSDB) destacou o desenvolvimento do município ao longo dos 69 anos, o que o colocou entre as cidades mais importantes do país. “Trago aqui o abraço de 94 deputados estaduais, que cumprimentam hoje com profunda admiração o município de Barueri por tudo aquilo que foi construído nessa cidade”, disse. “Não houve uma dádiva da natureza que colocou Barueri na posição de destaque que ela ocupa hoje. Isso é fruto do trabalho das pessoas que estão aqui”, acrescentou.

Prefeito Rubens Furlan, presidente Carlinhos do Açougue e vice-prefeito Roberto Piteri

Encerrando os discursos das autoridades presentes, o prefeito Rubens Furlan (PSDB) lembrou que a história de progresso de Barueri remonta à sua fundação como município. “Essa é a 40ª sessão solene da qual participo em minha vida pública, e sempre gosto de lembrar a luta dos nossos emancipadores. Tive o prazer de conviver com muitos deles, e um deles foi o Sr. Wagih Salles Nemer, que dá nome a esse plenário”, lembrou. “Eles tinham um grande amor por essa terra, e por isso lutaram tanto para que Barueri fosse emancipada”, completou, citando também o ex-prefeito Arnaldo Bittencourt. “Um homem extraordinário e muito honrado”.

Furlan rememorou seus 44 anos de vida pública e fez uma alusão entre a política e o tradicional evento da tocha olímpica, em que os participantes se revezam na condução do símbolo esportivo e de união dos povos. “Um líder conduz a tocha e em um certo momento repassa a outro para dar continuidade no percurso. Eu tive a honra de pela quinta vez estar com essa tocha nas mãos correndo na frente para levar essa cidade aonde ela tem que ir”, discursou.