Vereador Reinaldo Campos, autor da matéria, lembrou o desastre ocorrido em setembro no Museu Nacional que destruiu 200 anos de história

A Câmara aprovou, na sessão de terça-feira, 6, o Projeto de Lei 071/2018, que institui o Programa de Promoção da Digitalização dos Documentos Manejados pelos Órgãos e Entidades Pública do Município de Barueri.

De acordo com a matéria, apresentada pelo vereador Reinaldo Campos (Pode), a lei busca incentivar a digitalização para universalizar e facilitar o acesso a dados, documentos e informações de interesse público. “O processo deverá ser realizado de forma a manter a integridade, a autenticidade e, se necessário, a confidencialidade do documento digital, com o emprego de mecanismos que garantam segurança, confiabilidade e confidencialidade ao arquivo”, diz um dos artigos do projeto.

“Como professor de história, não pude deixar de me comover com a situação do Museu Nacional, no Rio de Janeiro, que teve quase todo o seu acervo destruído por um incêndio, perdendo-se 200 anos de história”, lembrou Reinaldo Campos. “Aqui em Barueri, a digitalização vai ajudar a proteger o acervo municipal, além de facilitar o acesso às informações, já que poderemos disponibilizar tudo pela internet”, completou o autor do projeto de lei.